Festa de São Sebastião reúne devotos em Xapuri e movimenta economia local

A segunda maior festa religiosa do Acre, São Sebastião, é realizada anualmente em Xapuri. A programação desta 116ª edição se iniciou na última quinta-feira, 11, e o encerramento foi sábado, 20, com diversas celebrações de fé direcionadas aos devotos do santo e aos turistas.

O evento religioso movimenta a economia local, resultando na geração de novos postos de trabalho, como destaca o prefeito Ubiraci Vasconcelos. “Estamos preparando a cidade desde o começo do ano. No último dia 15, entregamos o shopping popular, com 240 postos para os camelôs, conhecidos aqui como marreteiros”, salientou.

O empreendimento fica localizado no centro da cidade, próximo à Igreja Católica Paróquia de São Sebastião, onde às 15 horas deste sábado é realizada a Santa Missa. Em seguida, os devotos dão início à procissão, que reúne pessoas de todo o Brasil.

Na programação do último dia de novenário, 20, também consta a promoção da Corrida de São Sebastião, às sete da manhã. A Secretaria de Estado de Turismo e Lazer (Setul) estima que mais de 10 mil fiéis compareçam ao evento.

Rita Ramos, coordenadora de Planejamento e Pesquisa da Setul, observa a importância da festividade para a economia do Acre. “O novenário movimenta todo estado, vem gente de Cruzeiro do Sul, Rondônia e demais localidades. É um evento muito grande que amplia a demanda de serviços na região, os hotéis estão todos lotados e os restaurantes aumentaram a produção”, frisou.

Xapuri

Distante 180 quilômetros da capital, Rio Branco, Xapuri é conhecida mundialmente como o berço da revolução acreana e símbolo do movimento ambientalista, liderado por Chico Mendes.

A cidade foi fundada em 22 de março de 1904 e todos os anos reúne milhares de fiéis, devotos de São Sebastião, durante o novenário de homenagem ao santo da Igreja Católica.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.