O Rio Branco

Hoje é 23 de Junho de 2018

Acre

Depasa entrega maquinário para intervenções na região do Purus

21 de Março de 2018 às 08:20:36

No cotidiano de uma cidade como Sena Madureira, que possui quase quatro mil ligações ativas na rede de distribuição de água tratada, é comum nos depararmos com agentes técnicos do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) atuando em reparos às adutoras em ruas e demais regiões do município.

Comumente, estas ações emergenciais ocorrem em locais que exigem maquinários adequados para sua resolução imediata, como exemplos, vazamentos e ampliações de redes. Seguindo um cronograma de modernização de suas estruturas e equipamentos que ofereçam melhores condições de trabalho aos funcionários  e de atendimento aos consumidores, o governo do Acre entregou uma retroescavadeira para ações na referida cidade, como também em Manoel Urbano e Santa Rosa.

“Anteriormente, essas intervenções eram feitas de modo manual e duravam mais tempo, causando alguns transtornos aos usuários. Porém, com o investimento desta máquina, garantimos mais eficiência nas solicitações da comunidade, ou mesmo em nossas ações de melhorias no sistema de abastecimento”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Edvaldo Magalhães.

Altemir Pereira, servidor da autarquia em Sena Madureira, comenta que a retroescavadeira vai somar muito nos trabalhos feitos no seu dia-a-dia. “Tem pontos de vazamentos que ficam a metros de profundidade ou de extensão e quando as máquinas das outras secretarias não estão disponível, cavamos no braço mesmo, pois o foco é realizar qualquer serviço, o mais rápido possível. Esse maquinário vai ajudar nisso, e ainda vai melhorar a qualidade da intervenção”, disse Pereira.

Além deste investimento, a gestão Tião Viana realiza outras melhorias no sistema de abastecimento de Sena Madureira, como o novo sistema de captação de água para a parte urbana da cidade, que entrará em funcionamento neste ano,  e outras recentemente consolidadas como a construção de uma Estação de Tratamento de Água, na comunidade da Boca do Caeté.

 

Agência




Compartilhar