O Rio Branco

Hoje é 21 de Agosto de 2017

Acre

Governo comemora colheita de mais de 1.500 hectares de café em Acrelândia

19 de Maio de 2017 às 09:18:59

Os esforços do governo em prol da agroindustrialização têm gerado resultados expressivos na economia rural. Isso possibilita que o estado alcance indicadores de desenvolvimento em uma velocidade superior a dos demais estados brasileiros.

Na manhã desta quinta-feira, 18, o governador Tião Viana esteve no Ramal Granada, em Acrelândia, para acompanhar o início da colheita de mais de 1.500 hectares de café.

O ato, realizado na sede da Cooperativa dos Cafeicultores Familiares Novo Ideal do Ramal Granada, teve a participação de gestores de governo, da comunidade, vereadores, estudantes da Escola Agrícola Jean Pierre, do prefeito Ederaldo Caetano e do deputado estadual Lourival Marques.

Estiveram presentes, ainda, produtores e compradores de café da Transacreana, Plácido de Castro, Brasileia, Capixaba e Bujari.

“Essa é a nossa luta e união pelo Acre. Estamos fechando um investimento de mais de um milhão e duzentos mil pés de café, não tem nenhum precedente desse esforço no estado. E a nossa meta é um alcance de dois milhões de pés de café como atividade de governo para fortalecer a produção no Acre”, destacou Tião Viana.

No local, a equipe de governo acompanhou as atividades cafeeiras num galpão com quatro secadores de café, que possui capacidade para secar até 720 sacas por dia.

A construção desse galpão foi uma articulação do governo, por meio da Secretaria de Estado de Agropecuária e Pecuária (Seap), com a cooperativa dos produtores de Acrelândia e a prefeitura.

“São mais de mil e quinhentos hectares de café plantados aqui em Acrelândia incluindo uma unidade que processa o café com direcionamento dos produtores, desde o plantio até o processamento e venda”, destacou o gestor da Seap, José Carlos Reis.

O prefeito afirmou que o apoio do governo é fundamental e agradeceu a Tião Viana por todo o empenho. “Estamos felizes por ter um governo que acredita e investe na agricultura. Investe na produção com mudas a mecanização. Acrelândia hoje é referência no estado em nível de café”, afirmou.

Acrelândia: o polo cafeeiro do Acre

Acrelândia é considerada o polo cafeeiro do Estado. No município existem mais de 1.500 hectares plantados com mudas distribuídas pelo governo acreano.

Ednaldo Farias, presidente da Cooperativa dos Cafeicultores Familiares Novo Ideal do Ramal Granada, agradeceu ao governo pelo apoio e investimentos que possibilitam o desenvolvimento cafeeiro na região.

“Aqui o governo nos ajuda a alavancar essa produção. De mãos dadas a gente trabalha muito e vem obtendo sucesso nos resultados. A gente chega a produzir até sete mil sacas, mas este ano, em razão do clima, serão somente duas mil. A gente já chegou a vender cada saca a R$ 450”, conta o presidente.

Cesar Alpena (o Pininho) é o produtor rural mais antigo da região. Ele testemunhou sobre o dia a dia nas lavouras e agradeceu ao governo pelo trabalho que vem sendo desenvolvido nas comunidades.

“Estou aqui para agradecer ao governador e a todos que nos ajudam a desenvolver esse trabalho que vai desde a distribuição das mudas, da mecanização ao uso do maquinário. Isso prova que o governo acredita na gente e nos dá oportunidades”, disse o produtor.

Mais de R$ 15 milhões em crédito disponíveis

Presente ao ato, o gerente do Banco da Amazônia em Acrelândia e Plácido de Castro, José Cordeiro, contou que só para os dois municípios, estão disponíveis mais de R$ 15 milhões em linhas de crédito para o desenvolvimento da produção rural. “E esse valor pode aumentar. O Banco da Amazônia continua de portas abertas e disposto a parcerias que visam fortalecer a produção do café nessa região.”

O deputado estadual Lourival Marques diz que ações como essas demonstram o compromisso do governo em tornar o Acre um estado forte e produtivo. “Estamos celebrando o início da colheita e os investimentos que o governo tem feito. Isso demonstra que o Estado pensa na agricultura como um todo e leva condições para o produtor familiar”, disse.

O secretário da Indústria, Sibá Machado, quando deputado federal, deu sua contribuição e alocou até R$ 2 milhões em emendas para investimos em maquinários. Na ocasião, ele destacou a importância desse trabalho.

“Agradeço ao governador pela sua visão de governo e sociedade, pois já movimentou quase quatro bilhões em seu governo para investimentos em todos os setores de nosso estado. Somando os investimentos da Seap, Seaprof e Meio Ambiente, chegamos a R$ 250 milhões disponíveis para investir no setor produtivo até o próximo ano”, concluiu.

 

 

Agência




Compartilhar