Depasa e Bombeiros atuam em intervenção da rede de água em Xapuri

Além dos procedimentos normais de captação e distribuição, o sistema de abastecimento de água necessita de constante monitoramento em suas estruturas e maquinários para garantir o pleno funcionamento de todas as redes.

Mesmo com esse cronograma de trabalho, algum problema pode ser detectado e exigir intervenções técnicas, como se verificou no último fim de semana, em Xapuri, onde uma adutora de 150 milímetros que atende 550 ligações na comunidade da Sibéria apresentou grande ruptura.

O ponto de vazamento estava submerso pelas águas do Rio Acre, numa profundidade média de sete metros. Com esse grau de dificuldade, o Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa) solicitou o apoio técnico do Corpo de Bombeiros do Acre (CBMAC).

“Como o volume de água para a comunidade estava insuficiente, fizemos uma vistoria minuciosa na rede e observamos que houve um rompimento. Por se tratar de algo que necessitaria de mergulho, o comando do CBMAC enviou quatro bombeiros para encontrarem o ponto exato do vazamento”, relata o gerente do Depasa em Xapuri, Tião Nunes.

Após várias horas de mergulho, o local do rompimento foi identificado e para concluir com êxito a intervenção foram utilizadas uma balsa do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (Deracre) e uma retroescavadeira da prefeitura de Xapuri, tendo sido possível erguer a adutora e os técnicos do Depasa efetuarem os devidos reparos.

“Fique registrado o agradecimento ao Corpo de Bombeiros, que não mediu esforços para nos ajudar até solucionarmos o problema, provocado possivelmente por balseiros, devido à elevação do nível do rio. Agradeço também as demais instituições pela cessão dos maquinários”, destaca Tião Nunes.

O tenente Ildemberg Souza foi um dos mergulhadores que atuou nessa intervenção. Ele comenta sobre as dificuldades enfrentadas. “Com o rio subindo, fortes correntezas e águas turvas, foi exigida bastante habilidade da nossa equipe, que esteve de prontidão e auxiliou essa ação emergencial.”

A distribuição de água para o bairro Sibéria foi gradativamente restabelecida e nesta terça-feira, 9, os agentes do Depasa farão manutenções e limpeza no reservatório da cidade a fim de melhorar o fluxo de abastecimento.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.