O Rio Branco

Hoje é 20 de Julho de 2018

Acre

Com Quero Ler, governo se aproxima do fim do analfabetismo em Mâncio Lima

08 de Março de 2018 às 08:38:19

Celebrando a certificação de mais 2049 alunos, o governo do estado se aproxima na meta de zerar o analfabetismo em Mâncio Lima. O governador Tião Viana e sua equipe estiveram na cidade nesta quarta-feira, 7, para festejar junto aos novos alfabetizados do município.

Até julho, quando os últimos 400 alunos concluírem o ensino da escrita e leitura, Mâncio Lima já estará entre as cidades acreanas que zeraram o analfabetismo. Em todo o estado, o governo irá alfabetizar 60 mil pessoas, fazendo com que o Acre seja o primeiro estado do Norte e Nordeste a corrigir a dívida histórica para com aqueles que não sabiam ler e escrever.

“Se tivéssemos entregado mais máquinas, mais equipamentos, nada se compararia à entrega de conhecimento que foi dada a esses alunos. Eles lutaram e estão conseguindo, com a ajuda do governo, eliminar o analfabetismo em Mâncio Lima. O mundo da escuridão que atingia essas pessoas ficou para trás. É uma vitória intangível”, declarou o governador, emocionado ao ver tantos atos de superação de alunos e professores.

Cacilda da Silva nasceu no estado do Paraná e há 10 anos se estabeleceu na cidade de Mâncio Lima. Ela é uma das novas leitoras da cidade e fez questão de escrever suas palavras de agradecimento, as quais declarou para o público: “Em nome de todos os alunos, agradecemos ao governador Tião Viana e sua equipe por esse programa, que ajuda muita gente. Não custa nada, é só frequentar a escola, pois ganha o material e até a merenda. Isso é bom. Eu, mesma, sabia escrever um pouco, só que não sabia colocar as palavras no lugar certo, as pontuações também. E eu aprendi tudo isso”.

Seu aprendizado foi possibilitado, além do esforço dessa política de estado, pelo empenho dos professores que doam toda a atenção e carinho para os alunos. “Esse programa foi o resgate sonho de pessoas que estavam desiludidos, que não tinham mais pedido a perspectiva de aprender a ler e escrever. Todos os professores abraçaram esse projeto do governo e aqui estão com seu sorriso no rosto porque sabem que alcançarem seus objetivos”, declarou Zaqueu Muniz da Silva, um dos professores do programa.

Com uma comunidade indígena muito presente no município, o programa Quero Ler também teve a missão de alfabetizar em português senhores e senhoras da aldeia do povo Puyanawa. “Quero aqui agradecer ao governador e a minha professora por essa oportunidade de aprender. Tenho a maior honra de estar aqui compartilhando com vocês como índio puyanawa”, disse Francisco Puyanawa, anunciando em seguida uma dança de seu grupo para celebrar o momento.

Programa de Alfabetização

O Quero Ler já alfabetizou 49 mil alunos em todo o estado e ainda este ano cumprirá sua meta de 60 mil pessoas aprendendo a ler e escrever. Com isso, o Acre passará a ser o primeiro estado do Norte e Nordeste a declarar o fim do analfabetismo.

Ele é executado desde o último ano pela Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), com um investimento de R$ 42 milhões do governo do Acre, com apoio do Banco Mundial. O Quero Ler é feito com base nas Diretrizes Curriculares para Educação de Jovens e Adultos, com foco na continuidade no sistema de ensino.

O que disseram

“Como a vida é boa quando se sabe ler e escrever. Nesta semana estive na comunidade do Massipiro, sete horas de voadeira pelo rio Jurupari, em Feijó, e pude ver a felicidade de 11 pessoas que estão participando do programa Quero Ler. O governador Tião Viana está em seu oitavo ano de gestão fazendo com que o Acre possa se transformar por meio da edução e produção”- Lourival Marques, deputado estadual

“Estamos honrando o compromisso do governador Tião Viana que é erradicar o analfabetismo no Acre. Em Mâncio Lima já estamos alcançando a meta, com mais de duas mil pessoas que passaram pelo programa e agora estamos complementando o aprendizado para mais 400 alunos” – Evaldo Viana, coordenador do programa

“Para nós, como gestores e para os alunos como cidadãos, é um ato muito importante o fim do analfabetismo em nosso município. Esse aprendizado eles vão carregar para o resto da vida” – Isaac Lima, prefeito de Mâncio Lima.

 

Agência




Compartilhar