Maternidade de Tarauacá implanta cartório para facilitar o registro dos recém-nascidos

Em Tarauacá, boa parte da população reside em zona rural e quando há necessidade de buscar uma unidade de saúde como, hospital ou maternidade, logo retornam a suas residências sem permanência na cidade. Com isso, muitas mães logo após dar a luz, não registravam seus filhos no cartório, muitos chegam a idade avançada sem que tenham nenhum documento que comprove sua existência.

Pensando em auxiliar essas famílias e garantir a cidadania aos recém-nascidos, a Maternidade Ethel Muriel Geddis do município de Tarauacá, fez uma parceria com o cartório e desde o mês de janeiro, passou a fazer a emissão da Certidão de Nascimento na própria maternidade.

“Agora a mãe que vier ter seu bebê na Maternidade e que estiver com seus documentos conforme o que o cartório exige e o pai presente para assinar, já sairão com as certidões de nascimento do seu bebê em mãos”, explica Laura Pontes, gerente da maternidade.

 

 

AGENCIA

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.