Gladson altera nome de Hospital em Brasileia renomeado por Tião Viana

Por Wanglézio Braga

Foi publicado, hoje (05), no Diário Oficial do Estado (DOE) um decreto que altera o nome do Hospital de Brasileia Wildy Viana para Raimundo Chaar. A mudança acontece após muitas reclamações dos moradores da Fronteira depois que o ex-governador do Acre, Tião Viana (PT), resolveu homenagear o seu pai, que foi deputado, com o nome daquela unidade de saúde.

A mudança ocorre ainda devido aos problemas jurídicos que impossibilitava o registro do Sistema de Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (SCNES). Segundo o decreto assinado pelo governador Gladson Cameli (PP), isso impedia o processamento das produções ambulatoriais e hospitalares no Sistema de Informação Hospital (SIH), ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

Gladson considerou que “a ausência do referido cadastro impossibilita a implantação de demais serviços já indicados pela Assembleia Legislativa, como de hemodiálise e serviço de unidade de terapia intensiva” e que “que este ato governamental visa facilitar, em caráter de urgência, o processo de habilitação dos serviços ora indicados no registro CNES do Hospital Raimundo Chaar, com a devida realização da alteração no CNPJ e no SCNES”.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.