O Rio Branco

Hoje é 22 de Maio de 2018

Acre

Em Rodrigues Alves, população impede atendimento em agência bancária por falta de dinheiro em caixas

04 de Maio de 2018 às 14:12:04

Moradores do município de Rodrigues Alves fizeram uma manifestação, na manhã desta sexta-feira (4), para protestar pela falta de dinheiro na agência da Caixa Econômica Federal. O G1 procurou a superintendente do órgão na cidade e foi informado que ela estava em audiência e por isso o banco só vai se posicionar posteriormente.

Os manifestantes alegam que desde o dia 30 de Abril não tem dinheiro nos caixas e os moradores precisam se deslocar até o município vizinho, Cruzeiro do Sul, para sacar seus pagamentos.

O protesto começou às 8h em frente da agência. O movimento foi liderado pelos nove vereadores do município, que reivindicaram a presença do gerente regional ou o superintendente do órgão na agência.

Segundo os manifestantes, os protestos são contra aos constrangimentos e o péssimos atendimento que o banco presta aos moradores do município.

O movimento contou com apoio de vários seguimentos da população. O funcionário Jaicom Oliveira da Silva, de 42 anos, diz que mensalmente falta dinheiro no caixa.

“Quando chega o final temos que ir a Cruzeiro do Sul para sacar nosso dinheiro. Todo mês, na época de pagamento não tem dinheiro. Também têm as taxas elevadas que pagamos e não temos serviço de qualidade. Toda a população depende da agência da Caixa e sempre é o mesmo problema. Fechamos a agência até que alguém apresente uma solução”, disse.

O comerciante Jailson Eugênio de Souza, de 35 anos, falou que o atendimento é ruim e que o banco não coloca recursos para o pessoal sacar seu dinheiro.

“Não temos ânimo para investir na cidade, o comércio não tem movimento porque o povo vai gastar em outro município porque a Caixa não presta um bom atendimento para a população”.

O vereador Antônio Leandro Neto, de 26 anos, falou que a Câmara já tentou dialogando através de ofício e disse que ficaram de mandar mais funcionário para o município.

“Infelizmente, no final do mês, o pessoal veio receber o dinheiro e novamente não tinha. Queremos o aumento de funcionários para suprir as necessidades de atendimento dos clientes e garantia de dinheiro”, complementou.

 




Compartilhar