O Rio Branco

Hoje é 20 de Outubro de 2017

Acre

Em Porto Acre, mais 50 famílias são beneficiadas com pequenos negócios

02 de Setembro de 2016 às 08:15:05

O fomento e fortalecimento do microempreendedorismo no estado é umas das principais políticas públicas do governo.

Em Porto Acre, mais 50 famílias foram beneficias com pequenos negócios, nesta quinta-feira, 1.

A entrega foi feita pelo governador Tião Viana no Ramal dos Paulistas, na Vila do V, e reuniu a comunidade e gestores de governo e contou com a presença do deputado federal Leo de Brito.

Na ocasião, foram entregues kits para salgadeiro, pedreiro, eletricista, carrinhos para pipoca, açaí e água de coco. O ato de entrega contou, ainda, com a apresentação do grupo Desbravadores, que promove um trabalho social e espiritual da Igreja Adventista do município.

“Em Porto Acre já atendemos 314 famílias, o que representa mais de R$ 1,1 milhão em investimentos. Em todo o estado, já foram mais de 23 mil famílias beneficiadas com pequenos negócios. Estamos falando de uma atividade econômica que movimenta 8 bilhões de reais por ano na economia. Nossa gratidão ao governo federal, à gestão da presidente Dilma Rousseff, que proporcionou esse projeto ao Acre”, destacou Tião Viana.

O secretário de Estado de Pequenos Negócios, Henry Nogueira, disse que a entrega marca a história de muitas pessoas, num projeto que já rendeu investimentos de mais de R$ 30 milhões em todo o estado.

“Esse projeto foi criado e institucionalizado pelo governo em 2011 e já transformou a vida de muitas famílias. É um instrumento que leva qualidade de vida”, conta o gestor.

O deputado Leo de Brito conta que já estão empenhados R$ 500 mil em emenda parlamentar para os pequenos negócios no Acre. “Esse programa é revolucionário, pois muda a vida das pessoas. São mais de 20 mil famílias beneficiadas em todo o estado e que estão conseguindo vencer na vida. Este é o governo que acredita e dá dignidade para as pessoas”, destaca o parlamentar.

Oportunidade, qualificação e empreendedorismo

Francisca quer adquirir a casa própria, com a renda dos pequenos negócios (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

Francisca quer adquirir a casa própria, com a renda dos pequenos negócios (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

 

A diretora-presidente do Instituto Dom Moacyr (IDM), Rita Paro, contou que os novos empreendedores foram capacitados pelo IDM antes de receber os equipamentos, por meio de parceria entre o órgão e a SEPN.

“Fizemos mais de 200 horas de formação e entregamos mais de 40 certificados. É motivo de orgulho saber que vocês estão qualificados para trabalhar. O governo, por meio do IDM, está à disposição para levar formação e qualidade de vida a todos”, disse Rita Paro.

Trabalhador da construção civil, o microempreendedor Moises Fabrício da Silva recebeu um kit para pedreiro e destacou a importância do equipamento para a renda da família. “Todas as famílias são agradecidas por estes equipamentos. Fico feliz por ver todos nós tendo novas oportunidades e melhorando nossa renda. Sou imensamente grato ao governo por isso”, disse.

Para Francisca Lidiane de Souza, não é diferente. Nos pequenos negócios ela enxerga a esperança até mesmo para adquirir a tão sonhada casa própria.

“Estou muito feliz porque sempre tive o sonho de vender salgado, mas nunca tive condições de comprar o equipamento. Com este kit, espero realizar o sonho de comprar minha casa. Agradeço ao governo, por ser um dos poucos no país que acredita no microempreendedor”, declarou.

 

Agência




Compartilhar