net-prf-enem_13-02-2014
 
 
 
 
You are here: Mundo "Queremos ser vistos", diz garoto de programa em Encontro
 
 

"Queremos ser vistos", diz garoto de programa em Encontro

rosto_de_homem

Rafael tem 26 anos, doze deles vividos na prostituição. Como ele mesmo diz, "caiu na vida" cedo, ainda adolescente. Nos anos de "pista", enfrentou a rejeição da família e os riscos comuns à rotina de quem faz do próprio corpo, mercadoria. A história dele é mais uma entre a de muitos outros jovens brasileiros que ganham a vida como garotos de programas, um universo ainda pouco conhecido para a maioria das pessoas.

Foi justamente com a finalidade de ajudar a descortinar essa realidade e de discutir questões relativas à prostituição masculina, como a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), que o Ministério da Saúde realizou, nesta semana, o I Encontro Nacional de Prevenção junto aos Trabalhadores do Sexo Masculino (Entrasex), inciativa inédita, que reuniu 25 profissionais do sexo de diferentes cantos do país.

Na opinião de Rafael, que foi a Brasília para participar do encontro, a iniciativa, ainda embrionária, pode ser o primeiro passo em direção à visibilidade:

- A gente era esquecido, não existia nada sobre garotos de programa. A partir de agora é que a gente vai ser um pouco mais visto. Nós precisamos mesmo (do encontro), sofremos preconceitos, somos xingados, somos chamados de gigolô, de michê. Tem vários preconceitos sobre você dizer que é um garoto de programa, sua namorada chega a deixar você por você deitar com outro homem, entendeu?

Quando Rafael tinha 19 anos enfrentou na pele esse preconceito, sua família descobriu seu segredo:

- A sua família lhe abandona por achar que você vive na rua, é o mesmo que acontece com uma mulher quando ela vai pra rua. Mas nós só estamos expressando tudo isso agora, botando pra fora, falando mesmo.

 

 

 

 

 




Veja também:


Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
 
 
 
 
 
  • Opinião


Foto Antonio MunizAntonio Muniz

Panorama

Foto de Mathias NaganumaMathias Naganuma

Crônicas

Foto Narciso MendesNarciso Mendes

Artigos