net-prf-enem_13-02-2014
 
 
 
 
You are here: Economia Caixa disponibiliza linha de Crédito voltado ao "Empreendedor Individual"
 
 

Caixa disponibiliza linha de Crédito voltado ao "Empreendedor Individual"

E-mail Imprimir PDF

empreendedor-individualUma parceria entre o Sebrae e a Caixa Econômica Federal é a grande novidade para o candidato a “Empreendedor Individual”. Mototaxistas, borracheiros, cabeleireiras e costureiras, entre outros profissionais, costumam trabalhar na informalidade, os impostos e outras obrigações assustam os informais. Por outro lado, direito como auxílio-doença, aposentadoria, conta bancaria e principalmente acesso a financiamento não é possível.

A partir de agora quem optar em ser um Empreendedor Individual, terá vantagens especiais na Caixa Econômica Federal. De acordo com o técnico bancário, Maycon Martinelli, responsável pelo atendimento na Caixa dos Empreendedores Individuais, o banco já disponibiliza produtos diferenciados a esse segmento. “Na Caixa Econômico Federal o Empreendedor Individual terá direito a conta-corrente, cheque empresarial, Giro Caixa Fácil e cartão de crédito empresarial Visa, sem necessidade de pagar anuidade nos primeiros 12 meses”, disse. De acordo com Maycon Martinelli, mais de 40 pessoas já ativaram os serviços do banco para essa nova modalidade. 

Com o novo pacote, o banco libera um limite de até R$ 1.600 por Empreendedor Individual, de acordo com suas necessidades e capacidade de pagamento. Para Laíz Mappes, gerente Regional do Sebrae no Juruá, a parceria com a Caixa faz parte de uma evolução normal dessa nova categoria no mercado. “Nossas palestras são realizadas com a presença de um representante do banco. Todas as dúvidas são tiradas na hora, isso facilita muito nosso trabalho”, falou.

Para a costureira Patrícia Maria Oliveira, há 20 anos na informalidade, os produtos oferecidos pela Caixa Econômica Federal vieram na hora certa. “Tenho 5 máquinas pequenas e bastante usadas, pretendo comprar em breve pelo menos 1 industrial”, declarou.  

Para se tornar um Empreendedor Individual, há poucas restrições. A receita bruta não pode passar de R$ 36 mil ao ano (média de R$ 3 mil mensais), a pessoa não pode ter mais de um estabelecimento nem participar de outra empresa como sócio ou titular. Também só é permitido ter um funcionário.

 

 

 




Veja também:


Comentar


Código de segurança
Atualizar

 
 
 
 
 
 
  • Opinião


Foto Antonio MunizAntonio Muniz

Panorama

Foto de Mathias NaganumaMathias Naganuma

Crônicas

Foto Narciso MendesNarciso Mendes

Artigos