O Rio Branco

Hoje é 23 de Outubro de 2017

Pé no chão

Por Redação ORB

11 de Agosto de 2017 às 09:26:05

Por Márcio Nunes

Tribuna Livre

Programam Tribuna Livre recebe hoje o pré-candidato ao Senado, Márcio Bittar e sua mulher, a presidente regional dom Solidariedade, professora Marcia Bittar. Marcio anunciou sua volta ao PMDB 18 anos depois.

 Entrevista

Vereador Raimundo Neném (PHS),presidente da Comissão de Esportes, na Câmara de Rio Branco, foi entrevistado, ontem, no programa Boa Noite Rio Branco. Estreante no cenário político, o vereador fez avaliação psoi5tiva do primeiro semestre na câmara.

Mais um fundo

Comissão da Câmara Federal que analisa a reforma política aprovou no final da noite de quarta-feira (9) por 25 votos a 8 texto-base do relatório que cria mais um fundo público de financiamento das campanhas, de R$ 3,6 bilhões.

Distritão

A comissão votou, ontem, emendas ao texto do relator, deputado Vicente Cândido (PT-SP),  que pode alterou outros pontos da reforma, entre os quais o chamado voto distritão nas eleições de 2018 e 2020, no lugar do modelo eleitoral atual, o proporcional.

Dificuldade

Pelo resultado apertado as propostas vão encontrar  grande dificuldade para aprovação em plenário, apesar do apoio da cúpula do Congresso e da direção dos principais partidos governistas ao tema.

Emenda

Por se tratar de emenda à Constituição é preciso o voto de pelo menos 308 dos 513 deputados.Para entrar em vigor nas próximas eleições, a reforma tem que passar até setembro por votações nos plenários da Câmara e do Senado.

Contenção

A criação do fundo é uma resposta dos deputados à proibição do financiamento empresarial pelo Supremo Tribunal Federal, em 2015. A extinção dos vices tem como argumento a economia de gastos.

Esvaziamento

Esvaziada, a reforma política deve se concentrar em poucos pontos: os principais são o novo fundo, a possível mudança do modelo e regras para reduzir o número de partidos com baixo desempenho nas eleições.

Mais um festival

Depois do Festival de Praia de Manuel Urbano, realizado no último fim de semana, agora é a vez do tradicional Festival do Açaí, em Tarauacá, também no interior do Acre. O evento começa hoje e termina domingo.

Palestra

Sindicato das Empresas de Logística e Transporte de Cargas do Acre (Setacre) promove dia 15 deste mês, no Teatrão, palestra  sobre reforma trabalhista. O palestrante será o juiz federal  do Trabalho Marlos Augusto Melek.

Internamente

Senador Gladson Cameli começa a provar dos dissabores de se lançar candidato a quase dois anos da eleição. Enfrenta diariamente brigas e intrigas internas. Correligionários seus são ferozes nas críticas. Isso é só o começo.

Malandramente

Com fama de ser “riquinho” o senador Gladson Cameli é atacado pelos próprios “amigos” que o cercam. Ontem as redes sociais estavam com várias críticas ao seu estilo de fazer política, inclusive com afirmações diretas de que o senador não está preparado para o embate.

Fogo amigo

Uma das críticas dizia que não é pelo fato do senador ter ou não dinheiro, significa cantar vitória antes do tempo. Gladson precisa estar muito atento ao fogo amigo, a eleição ainda está longe, mas, os ataques a sua pessoa não cessam.

Alerta federal

Estados e Prefeituras estão sendo alertados pelos órgãos de controle do governo federal sobre o envio das informações para o Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) referente a Declaração de Contas Anuais (DCA).

A lei é clara

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), em seu artigo 51, é bem clara, se prefeituras e os estados não fizerem as declarações dentro do prazo legal, ficam impedidos de receber transferências voluntárias e contratar operações de crédito até que a situação seja regularizada.

Suicídio

Ex-prefeito de Acrelândia, Tião Bocalom não conseguiu, sequer organizar e fortalecer o DEM no Acre, mas já deixou claro que será candidato ao Senado, em 2018. Bocalom sabe que sem estrutura partidária e unidade não tem chance, mas vai para o suicídio eleitoral.

Pé no chão

Quem demonstra grande tranqüilidade é o senador Sérgio Petecão. Petecão mostra-se bem contente com o trabalho que desenvolveu no senado federal e nada o tira do serio. Cercou-se de uma grande numero de apoiadores e trabalha sua reeleição com os pés no chão.

Bem recebido

Petecão não tem olhado para os lados, desembarca em Rio Branco e já parte para os bairros onde tem realizado várias reuniões falando das ações desenvolvidas pelo mandato. Por onde passa é bem recebido. Petecão sabe fazer política como poucos!



Confira os Últimos Artigos


Compartilhar