Colunistas

Governador mimoseia deputados, promete despedir secretários, mas dá ultimato a aliados

Após duas horas de reunião, no Palácio Rio Branco, na manhã desta quarta-feira, o governador Gladson Cameli (PP) afirmou, em coletiva à imprensa, que a revolta dos deputados na e governista contra os secretários e alguns diretores de órgãos vinculados à administração estadual têm motivos.

Disse ainda que pode demitir mais secretários.Ms ao mesmo tempo em que agiu como mimo aos deputados, o governador deu ultimato aos liados:não vai mais admitir que parlamentares descontentes mandem recadinho ao governo por meio de pronunciamento na tribuna da Aleac. Disse ainda eu quem não estiver contente com o governo está livre para seguir o caminho que achar mais conveniente.  O governador repetiu a velha frase usada dede o ano passado: “Aporta é a serventia da casa”.

Camlli mandou um recado ao presidente da Aleac, deputado Nicolau Junior (PP), seu cunhado e colega de partido. Há uma semana, Nicolau ocupou a tribuna da Aleac e abriu fogo contra os secretários estaduais. Ele não citou nomes e nem precisava, pois todos sabem quem são os secretários  que batem de frente com os deputado governistas

O governador tambpem garantiu que a partir de agora, os secretários dispensarão tratamento mais respeitosa e atencioso aos deputados. Garantiu ainda que todas as vezes que um projeto polêmico foi enviado à   Aleac, o secretário da pasta em questão irão ao Poder Legislativo prestar os devidos esclarecimentos aos deputados.

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Nicolau Júnior (PP) saiu satisfeito e afirmou que a reunião foi muto produtiva. A relação dos deputados da base com o Gladson, segundo ele, sempre foi muito boa. “Os problemas sempre foram concentrados em alguns secretários e ocupantes de cargos comissionados”, disse.

Escrito nas estrelas

A saída da engenheira civil Maria Alice, da Seplag estava escrito nas estrelas desde a primeira crise entre ela e outros secretários como Ribamar Trindade, da Casa Civil e Semírames Dias, da Fazenda.

Começou errado

No fundo, a indicação de Maria Alice para a Secretaria de Administração foi um grande equívoco do governo. Ela nunca teve perfil para tal cargo. Depois ela acumulou na Secretaria de Planejamento e o quadro se agravou. Todo que começa errado, errado termina.

Não muda nada

Deputado estadual Roberto Duarte (MDB) afirmou, nesta quinta-feira, 20, que nada muda com relação a suas posições políticas ao governo após a nomeação de seu primo, Guilherme Duarte, para assumir, interinamente, a secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

Substituto

Guilherme ficou no lugar da engenheira civil Maria Alice, que pediu exoneração da pasta nessa quarta-feira (19). Surgiram comentários de que o deputado teria participação na indicação de Guilherme para a Seplag, mas o deputado desmentiu de pronto.

Estranho

O deputado emedebista lembrou que seu familiar já ocupava uma função importante dentro da secretaria, mas como diretor de gestão de pessoas. Por isso, estranhou sua nomeação. Normalmente, quem assume interinamente é um secretário adjunto.

Esquisito

O ouro ponto esquisito nessa história é o fato de a secretaria Maria Alice sair atirando, dizendo que não ficaria em um governo sem rumo, e mesmo assim, ainda indica seu sucessor. A situação assim fica cada vez mais complicada.

Alteração no ICMS

Na quarta-fera, Roberto Duarte (MDB) falou sobre o Projeto de Lei de nº 20 enviado pelo governo do Estado à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), no ano passado, que trata do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O parlamentar frisou que para não prejudicar os empresários da iniciativa privada a matéria precisa passar por algumas alterações. “O governo queria que a gente votasse esse projeto às pressas, em cima da hora, mas conseguimos impedir a votação”, afirmou.

Impasse

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) apresentou na sessão desta quarta-feira (19) o Projeto de Decreto Legislativo que visa sanar um impasse entre os donos de restaurantes no Estado do Acre e a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Equívoco

A medida diz respeito a cobrança de ICMS sobre a venda de refeições. Uma regra aprovada em 2012 pelo Conselho Fazendário (Confaz) definiu que a cobrança seria de ar entre 2% a 7%. O governo fiou em 3,5 %. Ocorre que não poderia ser pro decreto, mas sim por Proeto de Lei.

Pela segurança

Durante audiência na tarde desta quarta-feira, 19, o vice-governador do Acre, Major Rocha, apresentou uma série de reivindicações para combate à violência e criminalidade no Estado ao secretário nacional de Segurança Pública, general Guilherme Theófilo.

Em frente Brasil

Um dos principais pontos da reunião foi a implementação no Acre do programa “Em Frente Brasil”.Rocha pediu que o secretário agilizasse um programa piloto em Rio Branco. O projeto tem como foco os crimes violentos, como homicídios, feminicídios, estupros, latrocínios e roubos, por exemplo.

Fusion Center

Guilherme Theófilo assegurou que vai fortalecer a ideia da criação do Fusion Center em Rio Branco, bem como entrará em contato com o comando do Exército para viabilizar a ideia das operações na fronteira.

Segurança privada

O secretário sugeriu ao vice-governador que crie um projeto piloto em Rio Branco, unindo os esforços dos seguranças particulares dos comércios com a Polícia Militar. O Estado, segundo Theófilo, não arcará com despesa alguma.

Aplicativo

O programa consiste em treinar os seguranças do comércio para que, em situações de risco, tenham um contato direto com os policiais através de um aplicativo, auxiliando no controle de qualquer situação.

#   RANKING POLÍTICO ELEGE MARA ROCHA UMA DAS MELHORES CONGRESSISTAS DO BRASIL

Pela terceira vez o Ranking Políticos elege Mara Rocha (PSDB/AC) como a melhor congressista do Acre, alcançando 78 pontos dentro dos critérios definidos pelo site.

A novidade é que, pela primeira vez, a parlamentar acreana empatou, com outros 23 congressistas, no primeiro lugar geral do Ranking, tornando-se uma das melhores congressistas do Brasil.

Para chegar à pontuação, o Ranking utilizou critérios como Presença nas Sessões e Qualidade Legislativa. Nesse início de 2020 a parlamentar manteve a assiduidade mas surpreendeu na qualidade legislativa, votando a favor do afastamento do Deputado Wilson Santiago, investigado pelo STF, e a favor da Medida Provisória nº 897/2019, a MP do Agronegócio, que abrirá espaço para novas formas de financiamento para os produtores rurais.

O site Ranking Político analisa o desempenho do conjunto de congressistas brasileiros, entre Câmara Federal e Senado, levando em consideração as presenças em plenário, a qualidade legislativa das proposições apresentadas, os privilégios de que o político abre mão e a quantidade de processos judiciais que o parlamentar responde, a partir desses critérios, o parlamentar pode ganhar ou perder pontos.

Mara Rocha demonstrou surpresa com sua posição: “Já é a terceira vez que sou considerada a parlamentar número 1 do Acre, mas é a primeira vez que estou entre os primeiros do Brasil. Isso é surpreendente e animador, uma vez que estou no meu primeiro mandato. Esse reconhecimento só me motiva a continuar trabalhando sério para fazer a diferença no meu Estado, que precisa ser priorizado em Brasília”, afirmou a parlamentar.

PANORÂMICAS

# Prefeita Socorro Neri  (PSB) vai antecipar o pagamento dos servidores municipais. O pagamento será efetuados nesta sexta-feira, 21.

# No fim da tarde desta quarta-feira, a prefeita participou do "esquenta" do Carvnaval-2020, nos Jardins da Prefeitura.

# À noite, a prefeita prestigiou a inauguração da nova sede do Podemos, no centro de Rio Branco.

# Governador Gladson Cameli (PP) não vai passar o Carnaval no Acre.

# O Vice-governador Wherles Roca (PSDB) também não se encontra em Rio Branco.

# O governador interino é o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Junior (PP).

# Deputado Fagner Calegário (PL) a pode entrar para a lista dos parlamentares fanfarrões.

# Um dia aos fazer graves acusações contra o governo, dizendo ter gente cobrando propina para liberar pagamento, ele aparece no Palácio Rio Branco com a  maior naturalidade do mundo.

# Pra completar, ainda participou da reunião do governador com os deputados da base governista.

# Se ele se diz de oposição ou independente, o que fazia na reunião dos deputados governistas?

# A acusação que ele fez na tribuna da Aleac, é grave, mas em sua natureza, mas pobre em sua objetividade.

# O deputado não revelou nome dos supostos cobradores de propinas e tampouco quem seriam as vítimas.

# Marinheiro de primeira viagem, o deputado deveria ter consultado sua assessoria antes de entrar nesse imprensado.

# Se ele não apesentar objetividade em sua acusação, vai ficar cair em descrédito.

# O parlamentar em questão deveria conversar mais com o deputado Luiz Tchê (PDT).e aprender algumas lições.

# Tchê era da base de sustentação do governo anterior, se elegeu fazendo campanha contra Gladson Cameli e se deu melhor no atual governo do que a maioria dos governistas originais.

# Não por acaso, foi líder do governo e deverá voltar a exercer o cargo nos próximos dias.  

# Mesmo brigado com o chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade,Tche empregou mulher,  nora, papagaio, cachorro e periquito e o irmão virou o maior fornecedor de cargo ao governo.

# Um bom-dia ao novo vereador de Rio Branco, Anderson Sandro (PDT), que tomou posse semana passada.

Artigos Publicados

Agora o ano, enfim, começa pra valer!

Governador defende menos burocracia na Suframa