Colunistas

Governo afirma que reforma é a única saída para evitar falência do Estado

Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteac) e Central Única dos Trabalhadores (CUT) mobilizam centenas de servidores públicos em  protesto à PEC da Reforma da Previdência proposta pelo governador Gladson Cameli (PP). Segundo a presidente do Sinteac e da CUT-Acre, professora Rosana Nascimento, os trabalhadores vão continuar  mobilizados e brigando por seus direitos.

Os  manifestantes exigem que o governador converse diretamente com a categoria. Ainda segundo Rosana, a reforma enviada à Assembleia Legislativa, na semana passada, pode achatar e até reduzir salários dos servidores. Em campanha, segundo a sindicalista, o governador prometeu foi conceder reajuste. A reforma, segundo o governo, é única saída para evitar a falência do Estado.

Sobre o processo de negociação da PEC com os Sindicatos, ela informou que está no plano da conversa porque o governo está colhendo demandas, mas não deu resposta. O governo decidiu adiar a votação da PEC, que seria votada, nesta terça-feria, para o dia 26 dando, dando mais 15 dias de negociação com os Sindicatos.

O líder do governo, na Aleac, deputado Gerlen Diniz (PP), garante que as negociações têm avançado muito com os Sindicatos. De acordo com ele, a maioria apresentou proposta questão sendo analisadas pelo governo. Segundo ele, a reforma da Previdência é uma necessidade vital para sanear as contas públicas, já que o rombo na Previdência só aumenta e vai comprometer o pagamento dos salários.

Mudou de ideia

Exatamente um mês depois de apresentar a chapa pronta para disputar a prefeitura de Rio Branco composta por Minoro Kinpara (PSDB) e Alysson Bestene (PP), o governador Gladson Cameli mida de ideia e afirma:”Não vamos ser vice de ninguém”.  

Empolgação

Claro que Gladson estava movido pelo calor da militância progressista e das principais lideranças do partido, na capital e interior.  As declarações do governador vão ao encontro do pensamento externado pela presidente regional, senadora Mailza Gomes.

De orelha em pé

As declarações do governador Gladson Cameli sobre o fato e o partido não vai ser vice de ninguém, deixaram as lideranças do PSDB de orelhas em pé, sobretudo o vice-governador Wherles Rocha e o candidato do partido, Minoru Kinpara.

Contaminação

As declarações do governador Gladson Cameli sobre candidatura própria em todos os municípios, inclusive na capital, serviram para contaminar, no bom sentido, a militância do partido, sobretudo a chamada velha guarda.

Não aceitam

A militância progressista não aceita pedir voto para candidato que não seja do partido. Tal fato reforça a tese de candidatura própria. Ao que tudo indica, PP e PSDB seguirão caminhos diferentes na disputa pela Prefeitura de Rio Branco.

Candidato próprio

A festa de filiação de nova aliados do PP, organizado na tarde-noite desta segunda-feira, 11, no Terra Verde Hotel, sona central de Rio Branco, fez renascer o sentimento de candidatura própria à Prefeitura de Rio Branco.

Duas opções

O partido tem duas opções, no momento: o secretário de Infraestrutura, engenheiro civil Thiago Caetano e o ex-superintendente do Ministério da Agricultura, advogado e assistente social, Luziel Carvalho.

Lembrado

O nome do deputado José Bestene, que já foi candidato uma vez pelo partido, em 1992, também foi lembrado pelos militantes mais antigos do partido. Bestene não está se mobilizando, mas tem seu nome lembrado como opção.

Adeus ao PSL

Presidente Jair Bolsonaro se reuniu com os deputados e senadores do PSL na tarde desta terça-fera e anunciou que vai deixar o partido. Bolsonaro garante que vai criar um novo partido: Aliança Pelo Brasil (APL).

Debandada

Bolsonaro comandará debandada de deputados e senadores do PSL para o novo partido. Ele deixou bem claro que não vai forçar a barra. Ou seja, vão sair do PSL quem achar melhor, mas ele não vai forçar a barra.

Fusão DEM-PSL

Para repor os parlamentares que vão perder para o novo partido de Jair Bolsonaro, o presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), pretende fazer uma fisão com o DEM, que comanda a Câmara e o Senado.

Maior bancada

O PT tem 54 deputados federais e é a maior bancada. A segunda é da PSL que tem 53 deputados. Mas vai perder mais da metade. Se a fusão com o DEM ocorrer, a nova sigla poderá ter a maior bancada.   

# A festa do PP, para comemorar o dia 11 de novembro (11-11), número do partido, organizado pelas mulheres, mostrou que a o trabalho da nova presidente regional, senadora Mailza Gomes é eficaz e conseguiu manter o mesmo ritmo da gestão anterior, comandada pelo deputado José Bestene. Mailza tem dado apoio logístico à nova presidente regional do PP Mulher, advogada Ângela Ferreira e à presidente municipal, Francinete Barros. A presidente de honra do partido,  ex-vereadora e professora da Ufac, Nabiha Bestene também gostou da festa para receber novos filiados e das declarações do governador Gladson Cameli sobre candidatura própria em todos municípios. 

PANORÂMICAS

# O que ocorreu na Bolívia, de Evo Morales, é um exemplo de que quando o povo se une é capaz de fazer algo tido como impossível.

# Se tivessem feito isso no Brasil, Lula da Silva não tinha assaltado o Paí por longos oito anos e tampouco eleito Dilma Rousseff para continuar os desmandos.

# Evo Morales renunciou por saber que fraudou mais uma eleição. Ele se mandou para o México, mas será alcançado pela Justiça. 

# Lula cometeu crime eleitoral em todas as eleições que venceu.

# Claro que nas três que ele perdeu também ouve crime eleitoral, mas não com a mesma intensidade.

# Os petistas precisam entender que Lula é um condenado e responde a mais processos em fase de conclusão.

# Além disso, foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não pode ser candidato a nada.

# Lula só pode ser presidente do PT, nada mais. Por isso, não há motivo para tanta empolgação.

# Outro  detalhe: a partir de agora onde ele botar a cara será vaiado e agredido verbalmente. Quem planta vento, colhe tempestade.

# Para os petistas, foi mais fácil forçar a barra par cima do fracassado e desmoralizado  STF do que provar a inocência de Lula, condenado a mais d 12 anos por corrupção, falsidade ideológica, formação de quadrilha e outros crimes.

# Pior que a falta de sensação de insegurança jurídica é a certeza da impunidade.

# Um bom dia ao novos progressistas filiados neste (11-11) , sobretudo aos que passaram 20 anos sendo petistas ou militando em outros partidos de esquerda.

Artigos Publicados