Colunistas

Governo e bancada federal definem prioridades da gestão estadual para 2020

Em reunião com deputados e senadores que integram a bancada federal do Acre, em Brasília, o governador Gladson Cameli (PP) definiu as prioridades de sua gestão para 2020. Os recursos financeiros serão investidos, preferencialmente, em saúde, educação, segurança pública, infraestrutura e agronegócio.

Gladson foi claro e objetivo ao afirmar que não concorda com o fatiamento das emendas federais e que o novo modelo de divisão de recursos , aprovado recentemente pelo Congresso Nacional, será prejudicial aos investimentos que estão previstos para o próximo ano.

O governador agradeceu o apoio dado pelos deputados federais e senadores à sua gestão nestes dez meses e afirmou acreditar que os parlamentares, apesar das mudanças relacionadas à distribuição de emendas, estão cientes dos anseios da população e farão todo esforço para apoiar os investimentos do governo estadual para os próximos anos.

Um pedido aos parlamentares que continuem utilizando o modelo antigo de destinação de emendas, foi feito pelo governador para que, segundo ele, o governo possa ter os recursos necessários à execução de projetos capazes de mudar, para melhor, a vida das pessoas.

Segundo o coordenador da bancada federal acreana, senador Sérgio Petecão (PSD-AC), o encontro com os gestores é de fundamental relevância para conhecer os projetos de interesse do estado e municípios. Assim,  os parlamentares podem trabalhar e assegurar os recursos financeiros

Obras
Construção de pontes em Sena Madureira e Xapuri, viadutos e novo anel viário em Rio Branco, a nova orla de Cruzeiro do Sul e reconstrução das rodovias estaduais fazem parte de um grandioso pacote de obras previsto para 2020.

Mais saúde
Melhorar a rede estadual de saúde é um desafio do governo. Entre os projetos que beneficiam este setor estão reformas e modernização de hospitais, aquisição de equipamentos e conclusão de obras inacabadas, deixadas pela gestão passada.

Agronegócio
Na área do agronegócio, um dos pilares do novo governo, destacam-se projetos que visam ampliar a produção agrícola. Os projetos já estão prontos e no aguardo de recursos federais para serem executados.

Agir é preciso
Governo precisa e  deve agir o quanto antes e por fim à festa dos petistas na Secretaria de Educação.
Já que a campanha de despetização foi apenas uma farsa, é importante, ao menos, evitar que os petistas investidos em cargos persigam os servidores.

Vazamento
Muito dos petistas que fizeram campana para o candidato derrotado Marcus Alexandre  foram agraciados com cargos estratégicos no governo progressista. Até aí tudo bem, o problema é que eles estaria vazando informações para os adversários do governo.

Perseguição
Como o DNA da perseguição está impregnado nos petistas, os que fizeram campanha para Marcus Alexandre e foram premiados com cargos no novo governo, estariam a perseguir os que trabalharam  e lutaram por mudança.

Um exemplo
Um funcionário da Secretaria de Educação que estava em tratamento de saúde fora do Acre, teve seu ponto cortado, mesmo apresentando  documentação exigida. Quem cortou foi uma professora que tremulava a bandeira do PT na campana de 2018.. 

Inversão de valores
Os que fizeram campanha para Gladson Cameli, Sérgio Petecão, Marcio Bittar e candidatos a deputado federal e estadual da coligação vencedora são tidos como inimigos na SEE. Uma verdadeira inversão de valores. 

Apoio da bancada
Prefeita de Rio Branco, Socorro Nere (PSB) tem encontrado apoio da bancada federal do Acre para obter recursos em Brasília. Quem trabalha de forma seria e dedicada como ela, sempre encontra as portas abertas e incondicional apoio.

Ministério da Defesa
No Ministério da Defesa, onde a prefeita Socorro Nere esteve  terça-feira da semana passada, existem 22 projetos que totalizam R$ 19 milhões provenientes de emendas parlamentares individuais e coletivas da bancada federal do Acre. 

# Senador Márcio Bittar (MDB-AC) é um dos primeiros parlamentares a se posicionar publicamente contrário ao “Corredor Triplo A”, proposta que, segundo ele, representa perigo à soberania nacional.
Em entrevista ao portal Terça Livre, o senador acreano foi questionado sobre quais perigos a proposta do corredor representa à soberania do país. O Triplo A seria um corredor de conectividade entre os parques internacionais na Amazônia. 
Bittar afirmou existir um risco de que o território idealizado para “preservação ambiental“, pode ser usado para pedir independência num futuro próximo, e que isto pode ser reconhecido, de imediato, por alguns países membros da Organização das Nações Unidas (ONU).

PANORÂMICAS

# Deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC) participou, na manhã dessa sexta-feira, 04, de reunião com o Superintendente de Gestão Tarifária, Davi Antunes Lima.
# Também estava no encontro, o superintendente de Mediação Administrativa, Ouvidoria Setorial e Participação Pública, André Ruelli, representando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
# Mara entregou 120 contas de energia, de consumidores do Acre, comprovando os aumentos verificados no consumo e no valor final da energia.
# Segundo os representantes da Aneel, perdas técnicas no Acre são pequenas, girando em torno de 18.
# As perdas “não técnicas”, representadas pelo furto de energia, por exemplo, não podem ser combatidas de forma tão pesada ao consumidor.
#  Pequena Maria Eduarda, 9 anos, foi eleita,  a primeira “prefeita da Cidade da Criança”.
# A prefeitura foi disputada por 23 crianças que foram analisadas por uma comissão de jornalistas políticos. 
# Com discuso de inclusão social, Maria Eduarda obteve 47 pontos e tornou-se a primeira prefeita da Cidade da Criança.
# O evento, alusivo a semana da criança, acontece dos dias 10 a 13 de outubro, no Estacionamento da Arena da Floresta, das 17h às 22h. 
# Um bom ao governador Gladson (PP), que há um ano venceu a disputa eleitoral e pôs fim ao “Império Petista”, no Acre, após longos 20 anos.

Artigos Publicados