O Rio Branco

Hoje é 28 de Junho de 2017

O QUE DIZ A OPOSIÇÃO?

Por Opinião OFF

19 de Maio de 2017 às 09:53:07

ACRE DESAPROVA TEMER # A queda do presidente Michel Temer (PMDB) após as denúncias sobre a gravação com o presidente da JBS, na qual o presidente da República teria endossado o pagamento de uma mesada para o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB), manter-se calado, pode ser comemorada por 80% da população do Estado do Acre.

É o que aponta a pesquisa feita pela Agência Delta entre os dias 29 de abril a 4 de maio deste ano, estudo que ouviu 1.200 pessoas em 14 municípios do Acre. De acordo com os dados coletados, mais da metade da população (61,6%) desaprova a forma do atual presidente de governar.

NÚMEROS # Ainda de acordo o levantamento, outros (18,1%) são indiferentes ao modelo de gestão e apenas 8,9% aprovaram as medidas que retomaram os rumos da economia, uma das principais bandeiras do atual presidente. Por fim, 11,4% fecham o universo de entrevistados.

A pergunta feita pelos pesquisadores foi exatamente o que a população do Acre analisa sobre a administração do presidente. Temer assumiu a presidência da República no lugar da presidente Impeachment de Dilma Rousseff no dia 12 de maio de 2016, quando a ex-presidente foi afastada interinamente.

O QUE DIZ A OPOSIÇÃO ? # A deputada federal Jéssica Sales foi a primeira a se manifestar em favor das investigações. “Que a justiça seja feita e que a verdade apareça o mais rápido possível. Até porque ninguém está acima da lei, que é para todos, inclusive para nosso presidente Michel Temer”.

Até o vereador Roberto Duarte esbravejou contra seu correligionário durante debate na manhã de quinta, na Câmara Municipal de Rio Branco: “Se for preciso eu vou pra rua gritar Fora Temer”.

NA ALEAC # O deputado Nelson Sales (PV) disse que a notícia é motivo de vergonha para o povo brasileiro. “Não temos nada o que comemorar com essa notícia, nem com tudo o que está acontecendo no cenário político do país. Isso é vergonhoso para a nação brasileira. Saber que todas as grandes lideranças políticas do Brasil estão atoladas nesse mar de corrupção me entristece muito”, disse.

Segundo o parlamentar, ainda que o Partido dos Trabalhadores esteja envolvido em escândalos políticos não é o partido que deve ser considerado culpado.  Para concluir, Nelson Sales disse que o Brasil pode mudar por meio do trabalho das instituições. O deputado frisou que a corrupção já existia no Brasil, mas foi na administração do PT que ela se concretizou

DESTAQUE # A deputada Leila Galvão (PT) parabenizou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato. Ela destacou a imparcialidade do magistrado na condução das investigações relativas à Operação, especificamente em relação às delações.

Leila Galvão disse que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) foi vítima de um golpe midiático. "Foi um golpe midiático, um golpe orquestrado o que aconteceu com a presidente Dilma", reforçou a deputada petista. A mídia sempre dizendo que o PSDB, o Aécio eram os salvadores da pátria e o que vemos é o contrário", relatou.

 

 

 

 



Confira os Últimos Artigos


Compartilhar