O Rio Branco

Hoje é 20 de Novembro de 2017

Zero

Por Artigo do Narciso

09 de Outubro de 2017 às 17:25:50

O prêmio Nobel vem sendo distribuído desde 1.901, lamentavelmente, nunca um brasileiro foi agraciado.

Ao tempo em que estamos assistindo, e com a mais ampla cobertura da nossa imprensa, mais uma das muitas novelas derivada da incompetência, diria até, da irresponsabilidade da nossa classe política, ou seja, quem irá relatar a segunda denúncia da PGR-Procuradoria Geral da República, contra o presidente Michel Temer, este por sua vez, acusado de chefiar uma organização  criminosa – vejam só aonde chegamos – a Academia Real de Ciência da Suécia, a Academia Sueca de Letras e o Instituto Real Médico-Cirúrgico de Carolinska e o parlamento Norueguês estão divulgando os nomes dos ganhadores do prêmio Nobel, ano/2017.

Sobre os premiados, como se fosse um assunto de somenos importância, apenas de raspão a nossa imprensa tem feito alguma referência. Quanta desfaçatez! Para tanto, basta que se diga que já foram distribuídos 480 prêmios nas áreas de medicina, química, física, economia e paz, e nenhum brasileiro se fez merecedor de nenhum deles. Pior ainda: 15 desses prêmios já agraciaram personalidades latino-americanas, entre elas: argentinas, chilenas, peruanas, colombianas, mexicanas, venezuelanas, costa-riquenhas e guatemaltecas. Para nós, brasileiros, uma baita humilhação.

Enquanto isto, de novelas em novelas, para a nossa grande imprensa, a novela da moda e, portanto, aquela que passou a merecer seus melhores espaços publicitários, dado o encerramento da novela da reforma política, diga-se de passagem, que de tão chinfrim, nada reformou, tem sido àquela que irá definir o deputado federal/relator, junto à CCJ-Comissão de Constituíção  da Câmara dos Deputados, da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.   

Como em toda novela um dos seus personagens acaba assumindo a condição de vilão, na referida novela, como se fosse um capricho, o deputado federal Bonifácio de Andrade, a despeito dos seus 87 anos de idade e dos seus 10 mandatos sucessivos, e como seu próprio sobrenome sugere, descendente direto do patriarca da independência do nosso país, José Bonifácio de Andrade e Silva, querendo ou não, já foi transformado no vilão. Diga-se mais: o seu partido, o PSDB, como sempre, dividido meio a meio, enquanto uma de suas metades, a anti-Temer, tenta fazer do deputado federal Bonifácio de Andrade um vilão, a outra metade, a pró-Temer, justamente, comodamente aboletada no poder, ou seja no comando de quatros ministérios, o tem como herói. Coisas de Tucanos!

Pior do que não termos um único brasileiro laureado com o prêmio Nobel, de não termos uma única universidade entre as 100 melhores do mundo, do nosso ensino básico ser um dos piores do planeta, é a pouco atenção que tem sido dada a nossa educação, inclusive, por parte da nossa imprensa.

 



Confira os Últimos Artigos


Compartilhar