Colunistas

Repercussão da decisão do STF sobre prisão em segunda instância

Um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF), em mais uma atitude de usurpação do Poder Legislativo, ter decidido que condenados em segunda instância não podem ser presos, muitos acreanos se manifestaram nas redes sociais, inclusive políticos com e sem mandato. A decisão da suprema corte brasileira vai ao encontro dos interesses de vários políticos e empresários presos na Operação Lava Jato por corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e outros crimes.  

Um dos mais eufóricos e inconformados com a decisçao do STF é o  vice-governador do Acre Wherles Rocha (PSDB), que, como deputado federal, fez denúncia contra Lula no Congresso Nacional. Ele classificou a decisão como uma “vergonha”. “Depois da decisão do STJ sobre a prisão após o julgamento em segundo grau mais de cinco mil condenados estão em festa”, escreveu Rocha, em rede social. Ele afirmou, ainda, que quem não tem o que comemorar são as pessoas de bem, que pagam seus impostos e que apostaram no fim da impunidade”. Ele também citou retrocesso no resultado do julgamento e que “temos que continuar lutando para acabar com a impunidade”.

Outro que se posicionou contra a decisão do STF foi o senador Marcio Bittar MDB-AC). Bittar sempre foi a favor da prisão a partir da segunda instância. Ele lamenta a decisão do STF e classifica o ato como retrocesso. Quem também expressou sua opinião foi o federal Alan Rick (DEM).  “O povo brasileiro está perplexo com a decisão do Supremo de acabar com a prisão em segunda instância. Perde a justiça, perde o Brasil”, afirmou o parlamentar.

Sem discurso

Com Lula Live, a petezada e outros partidos de esquerda perdem o discurso: “Lula livre!”. Até a tarde desta sexta-feira, 8, Lula era um político condenado e preso. Agora é um político condenado, mas livre da prisão.

Outra prisão

Lula e seus amigos precisam ir se acostumando com as calorosas recepções que terão de agora em diante. Seja nas ruas, s repartições públicas em aeroportos, Lula será sempre vaiado e tratado como corrupto.

Sem moral

É lamentável sabermos que mais da metade dos membros de nossa Suprema Corte perdeu a confiança e o respeito do povo brasileiro. O Placar de 6 x 5  em favor dos criminosos   deixa claro que  a Corte se perdeu pelo caminho.

A saída

A saída agora seria o Congresso Nacional aprovar Projeto de Lei mudando o Código Penal. O caminho é bem mais curto que mudar a Constituição Federal, por meio de PEC. Precisa apenas de maioria simples em única votação.

Por tabela

Ao votar a favor do que eles mesmo eram contra há algum tempo, os ministros do Supremo Tribunal Federal colocou em liberdade milhares de bandidos perigosos e acabou com a Operação Lava Jato. Na verdade, esse era o maior sonho de Gilmar Mendes e outros membros do STF.

Marina

Ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva, comentou que “o veredito da Justiça precisa ser respeitado. Na democracia funciona assim”. Ainda assim, Marina destacou que sempre se posicionou a favor da possibilidade de prisão em segunda instância.

Posse e comemoração

Membro do PT no Acre aproveitaram e promoveram duas festas no fim da tarde desta sexta-feira: a posse da nova  direção regional e a soltura de Lula da Silva, que eles ainda chama de “Presidente Lula”. Lula é condenado a mais de 12 anos de prisão por corrupção, formação de quadrilhas e outros crimes.

Morado Sol

O trânsito ficou engarrafado nas ruas do bairro Morada do Sol, onde funciona a sede do PT. Mesmo condenado por vário crimes, entre os quais corrupção e formação de quadrilha, os petistas tratam Lula como “preso político”.

Internacional

Os comparsas de Lula na Europa, África e em países da América do Sul, como Bolívia, Argentina e Venezuela comemoraram a soltura de Lula na tarde desta sexta-feira. Os membros do Foro de São Paulo também fizeram festa.

Calma, companheiros!  

Muitos petistas lançaram a candidatura de Lula à Presidência, ainda ontem. Calma, companheiros! Lula está livre da cadeia, temporariamente. Ele continua condenado a mais mais de 12 anos de prisão e foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Como ele é ficha sua, só pode ser candidato à presidência do PT, nada mais.

# Ex-presidente da Câmara de Rio Branco Juracy Nogueira poderá ser convido pelo governador Gladson Cameli (PP) a o cargo em algum setor importante da gestão estadual. Juracy projetou-se politicamente por ser excelente gestor público e deixou sua marca positiva por onde passou, seja na prefeitura ou no governo. Os contatos preliminares já ocorreram, falta apenas oficializar a entrada de Juracy no governo.

PANORÂMICAS

# Bancada governista na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) seu mais uma prova de unidade.

# O governo tinha voto para aprovar a Reforma da Previdência Estadual, mas preferiu recuar.

# Aliás, nesse particular, até o deputado Roberto Duarte (MDB) que é independente, declarou voto a favor.

# Por conta disso, Duarte foi vaiado pelos sindicalistas que ocuparam a Aleac na terça-quarta e quinta-feira para barrarem a PEC da Previdência.

# Claro que as vaias foram injustas e ingratas afinal, pois Duarte é a favor, mas com ressalvas.

# Não por acaso, apresentou oito emendas à proposta original enviada pelo governo.

# No Regime Militar, Lula foi preso politico. Na democracia, Lula é político preso.

# Desde esta sexta-feira, ele não é mais político preso, mas sim um ex-presidente condenado,porém solto em caráter provisório.

# Governador Gladson Cameli precisa se reunir com a Juventude do PP e resolver pequeno problema interno.

# Um bom dia ao deputado federal Jesus Sérgio (PDT-AC), leitor assíduo desta coluna.

Artigos Publicados

Discriminação

Discriminação

Populismo

Não pode

Pornográfica