Colunistas

Governo quer fazer operação de crédito para aumentar capacidade de investimento

Governador Gladson Cameli (PP) cumpre agenda em Brasília (DF), com o intuito de renegociar a dívida do Estado que atualmente está na casa dos R$ 3,7 bilhões. Cameli está acompanhado da secreta´ria de fazendo Semírames Dias. Segundo informações, o governo desembolsa,mensalmente, cerca de R$ 45 milhões para amortização da dívida.

A e expectativa de Gladson é que o Estado efetive uma nova operação de crédito,na qual as instituições financeiras comprem a dívida e o Estado tenha apenas um credor que dê um prazo de no mínimo um ano de carência e que também diminua a taxa de juros pela metade.

A operação de crédito proporcionará economia de cerca de R$ 500 milhões cofres do Estado. Apesar de dificuldades, o governo acreano mantém a avaliação de bom pagador tem nota B do Tesouro Nacional. Segundo o governador, tal fato prova que o governo está no caminho certo e a União será a nossa fiadora nessa operação de crédito.

Gladson espera que, no máximo, em  dois meses, o governo possa escolher o banco que oferecer a melhor proposta para a referida operação de credito. Os bancos que se mostraram interessados na proposta são Banco do Brasil, Caixa Econômica e o BTG Pactual. Com a economia inicial de R$ 500 milhões, o governo acredita que os recursos sejam utilizados para a realização de concurso público e convocação dos  aprovado em outros concursos.

Forçando a barra

Vice-governador Wherles Rocha quer fortalecer o PSDB nas eleições municipais pensando na disputa eleitoral de 2020. Até aí tudo bem, um líder tem que fazer isso mesmo, mas importar um ex-petista é forçar a barra.

Sonho tucano

Claro que o sonho de Rocha é eleger um tucano para comandar a Prefeitura de Rio Branco. Tal fato também é mais do que legítimo. Mas tal sonho pode virar pesadelo por vários motivos.

Não será fácil

Engana-se quem pensar que será fácil tirar a Prefeitura de Rio Branco das mãos da extinta Frente Popular. O PT pode está queimado, mas quem manda agora é  PSB da prefeita Socorro Neri, que faz uma gestão sem manchas.

Passa por Gladson

Além disso, qualquer candidatura capaz de enfrentar o grupo político que controla a prefeitura terá que passar pelas mãos do governador Gladson Cameli. Duvido eu ele banque uma candidatura que não seja progressista.

Cultura imunda

Impressionante como nós brasileiros temos mania de sujar tudo em qualquer evento. Na  Cavalgada de sábado, por exemplo, os participantes deram um show digno de um cultura imunda. Por onda passavam deixavam a sujeira.  

Agiu rápido

Ainda bem que  esquipe da Prefeitura agiu de forma muita rápida. A cavalgada passava sujando tudo e os garis e margaridas vinham em seguido fazendo a devida limpeza.

Organização

Quem visitou a Expoacre-2019 viu que o espaço está bem organizado  e mais bonito. No entanto, nas duas primeiras noites faltou o mais importante: gente. O público foi bem inferior ao esperado.

Convite

A nova presidente regional do PP, Senadora Mailza Gomes esteve em Tarauacá, no último fim e semana e convidou a vereadora Janaina Furtado (Rede) para se filiar ao PP e disputar a  a prefeitura.

Descontentes

Ao tomar tal iniciativa, a senadora progressista deixou muitas lideranças do seu partido descontentes. Primeiro que Janaina não é e, dificilmente, será uma grande liderança e segundo que há bons nomes no PP.

Duvido

Sem esquema e sem estrutura financeira, duvida que a ex-deputada Leila Galvão seja candidato a algum cargo em 2020. Ela era do MDB quando o partido perdeu o poder de imediato pulou para o ninho petista.

#  Senador Márcio Bittar (MDB-AC),  vice-líder do governo Bolsonaro, no senado apareceu na Cavalgada da Expoacre-2019, montado em uma  égua  palomina,  que ganhou de presente do amigo Neném Junqueira. Márcio estava acompanhado da mulher, professora Márcia, e de uma comitiva de amigos. Ele disse que esse ano se sente a vontade no meio dos amigos do meio rural. Pra que não sabe ou não lembra, o senador acreano tem experiência na área, pois foi fazendeiro por muitos anos.

PANORÂMICAS

# Lideranças do PT  aproveitam ingenuidade de alguns assessores do governo para se fortalecer em determinados setores da gestão estadual.

# Como exemplo podemos citar o caso que vem ocorrendo na Secretaria de Educação,onde inventaram um conselho de diretores de escolas.

# Claro que o novo diretor da Secretaria de Educação, Alércio Dias já fez leitura completa das intenções do referido conselho.

# Todos sabem que o PT sempre foi muito forte na Secretaria de Educação, afinal, houve um empo que par ser professor tinha que militar nos partidos de esquerda.

# Claro que isso não mais existe, mas a  esquerda continua muito forte no meio educacional.

# O mais grave pe que muitos não lutam por melhorias na educação, mas sim para manter viva as chamas socialistas e comunistas.

# Nas universidades, sobretudo as federais, os esquerdistas ainda são fortíssimos, mas perderam espaço com a vitória e posse do presidente Jair Bolsonaro.

# Evidente que as universidades não mais são diretórios do PT, PC do B e outros partidos da mesma ideologia, mas encontram muitas resistências de norte a sul, de leste a oeste.

# Nos órgãos de proteção ambiental, a batalha também é muito grande.

# Mas Bolsonaro deixou todos tontos ao por fim à farra de milhares de “ambientalistas”, que viviam às custas dos recursos do Fundo Amazônia.

# Um  bom dia  à secretária de Empreendedorismo e Turismo, jornalista Eliane Sinhasique, coordenadora da Expoacre-2019.

Artigos Publicados

Em nota, governo tenta tapar sol com peneira

A prefeita e o candidato do governador