Colunistas

Cameli pede que Estados e Municípios sejam incluídos na Reforma da Previdência

Ao abrir o 287ª reunião do conselho da Superintendência da Zona Franca de Manaus( Suframa),  o governador Gladson Cameli (PP)

discursando sobre os desafios da região norte direcionado para o Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Economia, Paulo Guedes, que estavam presentes ao evento. Cameli pediu que Estados e Municípios sejam incluídos na Reforma da Previdência.

O governador acreano lembrou aos demais colegas presentes no encontro que somente agora, após mais de 500 anos que o Brasil foi descoberto, o Acre terá ligação terrestre com o restante do Brasil. Segundo o governador, precisaremos recuperar todo esse tempo perdido, se referindo a ponte sobre o Rio Madeira, que ligado Acre a Rondônia.

Claro que o exemplo dado por Gladson não é exclusividade do Acre. Para os brasileiros da Região Norte, o isolamento não é apenas geográfico, mas também social, tecnológico e político. “Não estamos aqui para pedir benefícios ou privilégios. Pelo contrário, estamos habituados aos sacrifícios: muitas vezes para satisfazer discursos vazios criados em gabinetes”,afirmou.

Cameli pediu ao governo federal que entenda que a região norte precisa ser inserida num projeto de Brasil. “E um país só se solidifica quando diminui suas diferenças e propõe que o desenvolvimento seja partilhado por todos”, ressaltou.  O governador acha importante manter a floresta em pé, mas é ainda mais urgente colocar o brasileiro em condições de dignidade e cidadania.

Efeitos

Governadores da região norte estão fazendo sua parte em orientar as bancadas federais a votar a favor na Reforma da Previdência. O governador Glasdson Cameli ressalta que os efeitos da proposta governamental se estendam para Estados e Municípios.

Saída logística

Gladson pediu que as autoridades federais percebam a região norte como o futuro que ela representa. Segundo ele, via Rondônia e Acre está a saída logística mais eficiente e lucrativa para o maior mercado do mundo e nosso mais importante comercial: a China.

Sustentabilidade

Cada R$ 1 investido na Zona Franca, segundo Gladson tem retorna em renda para região acima do valor investido, mostrando-se, portanto, um modelo sustentável. Por isso, previsa de mais investimentos.

Desburocratização

Governadores da região norte se reuniram com o Presidente Jair Bolsonaro e pediram  liberação de recursos federais, repactuação e desburocratização e alfandegamento dos aeroportos e o intercâmbio comercial com os países andinos.

Já identificou

Governador  já identificou quais os secretários que  agem com egoísmo, os que criam problemas internos e os que ainda não  mostraram serviço. Por isso, conforme oque afirmou no dia da posse, quem não se enquadrou, dançou.

Reforma

A reforma secretarial já estaria praticamente pronta e será anunciada no início de agosto. Dos secretários estaduais, apenas um não está na corda bamba. Até Paulo Wadt, que  foi pivô de crise no governo, pode rodar.

Encaminhado

O processo que pode resultar no retorno do deputado José Bestene à Secretaria de Saúde encontra-se bem avançado. A secretária Mônica Machado pediu afastamento; um dos coroneis já pediu pra sair.

Padrinho já foi

O  padrinho da ainda secretário de Saúde, Mônica Machado, Ricardo França também já se voltou à Brasília. O grande feito da doutora Mônica foi afirmar que 80% dos servidores da Saúde não queriam trabalhar. Quanta infelicidade!

Decisão acertada

Ao nomear o ex-deputado Alércio Dias como diretor da Secretaria Estadual de Educação, o governador Gladson Cameli tomou decisão mais do que acertada. Alércio é competente, decidido, conhece o setor e tem afinidade com o proeto político do governo progressista.

Bittar Petecão

Programa Tribuna  Livre recebe, nesta sexta-feira, os senadores Sérgio Petecão (PSD) e Marcio Bittar (MDB). Os dois vão fazer avaliação do primeiro semestre. Tanto Petecão, quanto Marcio conseguiram se destacar de forma positiva.

# Presidente da Comissão Agrária da Assembleia Legislativa, deputado Neném Almeida (SD) afirmou que teve boas impressões, mas também algumas decepções nesse primeiro semestre de seu mandato. Quanto à bancada governista, da qual ele faz parte, ele acredita que os piores momentos já foram superados. Segundo ele, ao contrário do que muitos imaginam, a bancada nem trincou, nem quebrou. “Tanto que as matérias enviadas pelo governador Gladson Cameli, principalmente a reforma administrativa, foram aprovadas sem problemas”, afirmou.O deputado agradeceu, mais uma vez, aos que acreditaram em suas propostas e afirmou que vai continuar trabalhando em prol dos interesses populares para honrar cada voto recebido.  

PANORÂMICAS

# Prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno, eleito pelo Pros, está e malas prontas para retornar à sua antiga casa, o PP, partido do governador.

# Mas existe a possibilidade de ele se filiar ao PSD, do senador Sérgio Petecão.

# Prefeito de Epitaciolândia, professor João Flores (PSB), também pode retornar ao PP.

# Governistas dão como certo o retorno do deputado Roberto Duarte e da deputada Meire Serafim à base de sustentação.

# Publicamente, os dois parlamentares ainda não se manifestaram.

# Roberto Duarte ainda pode vir a ser o candidato oficial à Prefeitura de Rio Branco.

# O PSDB insiste em convencer o professor Minoru Kinpara a se filiar para ser candidato.

# Ocorro que no meio governista, Kinpara não é bem visto.

# Ninguém tem nada contra o professor, mas não engole essa de ele ter sido presidente regional do PT.

# Um bom dia ao professor e articulista, Edinei Muniz, leitor assíduo desta coluna.

 

Artigos Publicados