Colunistas

Força tarefa vai combater focos de incêndios na capital e interior

Ao decretar Estado de Emergência Ambiental, em entrevista coletiva à imprensa, no fim da manhã desta sexta-feira, 23, o governador Gladson Cameli (PP) bem claro que a partir de agora a forma tarefa montada vai agir com rigor e intensidade nas ações de prevenção e combate aos focos de incêndios, tanto na capital, quanto no interior. A seca prolongada e o baixo nível dos rios agrava a situação.

A força tarefa é composta pela Secretaria de Meio Ambiente, Instituto de Meio Ambiente do Acre, Coro de Bombeiros, Pelotão Ambiental e as polícias Civil e Militar, numa ação coordenada pelo gabinete do governador. Em casos extremos, membros da força tarefa poderá entrar em casas, seja na zona urbana e ou rural, mesmo sem mandado judicial, para retirar pessoas e proteger a população das queimadas.

Feijó, Tarauacá e Sena Madureira lideram o número de focos de queimadas  i interior. Enquanto a terra do Açaí registrou de 1º de janeiro até o dia 21 de agosto, 517 focos. Já a Terra do Abacaxi registrou 394. Sena registrou 270 focos. Rio Branco aparece em quinto lugar com 215 focos e Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do Acre, ocupa o 7º lugar com 117 registros.

Provocadas pelas queimadas, a fumaça mudou, drasticamente, o cenário verde das cidades acreanas. O clima seco ,em função da baixa umidade relativa do ar e  a falta de chuva no verão amazônico agravaram a situação. O céu azul não é visto desde a manhã de domingo, 18. As conseqüência da poluição ambiental são vistas no Pronto Socorro de Rio Branco e nas UPAs. O numero de pessoas com doenças respiratórios triplicou nos últimos cinco dias.

Pedido de socorro

Governo federal confirmou nesta sábado, 24, que os Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará pediram ajuda para combater incêndios florestais. Segundo o Ministério da Defesa, cerca 44 mil militares das Forças Armadas estão continuamente na Região Amazônica e ajudarão a combater as queimadas.

Poderia ser evitado

O ato público promovido por estudantes e professores da Educação de Jovens e Adultos  (EJA), na  noite de quarta-feira, 21, no Terminal Urbano, poderia ter sido evitado, caso o governo fosse um pouco mais precavido.

Protesto

A manifestação foi em protesto ao fechamento de dez salas de aula e a demissão de dezenas de professores contratado no iniciou deste ano em caráter provisório para atender a demanda em várias escolas.

Contradições

Incomodado com a reação de alunos e professores, o governo estadual apresenta versões contraditórias quando se posicionar sobre as demissões de professores e fechamento de salas de aula.

Fim dos provisórios

O governador Gladson Cameli afirma que acordo com o prometido em campanha, vai acabar com contratos provisórios. Por isso, o governo promoverá outro concurso público para atender a demanda na Secretaria de Educação.

Mais 500  empregos

Segundo Gladson Cameli, até o próximo mês, o governo convocará 200 servidores e em fevereiro de 2020, mais 300 servidores concursados serão contratos em definitivo. Os compromisso de campanha, segundo Cameli, serão cumpridos.

 Acre em destaque

Senador Sérgio Petecão (PSD-AC) esteve na manhã desta terça-feira (20) na apresentação realizada pelo Coral e Orquestra do Conservatório Musical de Cruzeiro do Sul, no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da Jair Bolsonaro e outras autoridades.

Orgulho de ser acreano

"Estou muito orgulhoso com a apresentação que o Cerca de 80 jovens saíram do Acre em direção à capital federal para mostrarem para todo o Brasil o talento e capacidade da nossa juventude. Parabéns aos jovens, aos professores do conservatório e aos organizadores pelo inesquecível evento", publicou o senador em suas mídias sociais.

Live do Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro fez live do evento, mostrando a apresentação daorquestra. O vídeo, claro, a obteve quase 700 mil visualizações. Os acreanos, em especial os cruzeirenses, estão orgulhosos.

Desunião

Os dois maiores partidos da base governista na Aleac dão um péssimo exemplo aos demais no que se refere a unidade partidárias. O três deputados do PP, partido do governador  não conseguem nem se reunir.  Já o MDB tem um deputado na base e outro na oposição.

governo confirmou hoje (24) que os estados de Roraima, Rondônia, Tocantins e Pará pediram ajuda do Executivo federal para combater incêndios florestais. Segundo o Ministério da Defesa, cerca 44 mil militares das Forças Armadas estão continuamente na Região Amazônica e poderão ser empregados nas operações.

A confirmação foi feita pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, durante entrevista à imprensa. Salles participou de uma reunião na manhã deste sábado com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva.

# Prefeita Socorro Neri (PSB) prestigiou a sessão solene,nesta quinta-feira, 22, na Assembleia Legislativa do Estado (Aleac), em homenagem ao Dia do Maçon. A proposta foi apresentada pelo  deputado estadual Manoel Moraes (PSB) e apoiada pelos demais parlamentares. A solenidade contou com a presença do grão-mestre da sereníssima Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, Fernando Zamora, eminente grão-mestre adjunto, Higino Maia; grão-mestre estadual da Grande Oriente do Brasil, Osmir Lima e grão-mestre adjunto, Celestino de Oliveira.

Em sua fala, a prefeita destacou a importância e a contribuição da Maçonaria na construção de uma sociedade cada vez mais justa e igualitária para todos. “A importância da maçonaria, e dos inúmeros maçons ilustres, na história do Brasil e do nosso estado e da nossa cidade de Rio Branco é indiscutível. Calcados em valores como fraternidade, liberdade e a filantropia, vocês contribuem para a coletividade e nos ajudam com diversas ações que criam oportunidades para quem mais precisa”, afirmou.

 PANORÂMICAS

# Secretário de Educação, professor Mauro Sérgio voltou a ser vítima do chamado “fogo amigo”.

# Um iluminado" falou ao governador que Mauro estava a  contratar professores e outros profissionais de forma politiqueira.

# Mauro tem defeitos como qualquer ser humano, mas jamais agiu de forma politiqueira.

# Resultado:os contratos foram rescindidos, dezenas de trabalhadores ficaram sem emprego e renda e centenas de alunos sem aula.

# Governo pode readequar sua base de sustentação na Assembleia Legislativa.

# Nesse sentido, alguns deputados poderão assumir secretaria ou direção de empresas estatais para ceder vaga aos suplentes.

# Elson Santiago, primeiro suplente, poderá ser o primeiro beneficiado. Ele tem frequentado bastante o Palácio Rio Branco.

# O que está a ocorrer na base governista poderia ter sido evitado. Na verdade são penas quências do equívoco.

# Tava na cara que Ney Amorim não iria conseguir segurar a barra. Ney era adversário e só tinha respaldo enquanto  era presidente da Aleac.

# Outro detalhe: a liderança do governo nas mãos do deputado Luiz Tchê (PDT) dificilmente dará certo.

# Ele também era adversário, trabalhou contra e não tinha  afinidade com o projeto politico-administrativo.

# O quadro só não pior pelo fato de Tchê ser  inteligente e articulado, mas o cenário é muito desfavorável ao parlamentar.

# Um bom-dia ao ex-secretário de Planejamento, Raphael Bastos Junior, leitor assíduo desta coluna.

Artigos Publicados

Governador convida poderes para reunião sobre LDO