Colunistas

Reação pisitiva da economia

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta sexta-feira (24), pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, mostram que no Acre, durante o mês de abril de 2019, 377 novos postos de trabalho foram criados – o melhor índice do mesmo período em 5 anos. 
 
O gráfico mostra que, em todo o estado, 1.843 pessoas foram contratadas em vários segmentos do mercado e 1.497 foram desligadas de seus postos. Rio Branco teve o maior saldo de empregos, com 143 vagas abertas durante o mês. Já Cruzeiro do Sul, o segundo maior município do estado, obteve -21, ficando em negativo. Feijó (189), Sena Madureira (14) e Tarauacá (21) obtiveram os melhores resultados, em oportunidades.
 
Como destacado, a indústria de produtos alimentícios, bebidas e álcool etílico, foi a que mais empregou e demitiu no período: 160 pessoas foram contratadas e 117 foram demitidas. As indústrias da madeira e do mobiliário, do material de transporte, construção civil e comércio varejista, também pontuaram no ranking.
 
 Seinfra em ação
Secretario de Infraestrutura, engenheiro civil Thiago Caetano acelera as obras de recuperação de um dos maiores patrimônios históricos do Estado: o Palácio Rio Branco. A fonte luminosa, que enfeita o entorno do prédio no centro da capital, já apresentava uma nova pintura.
 
Arena da Floresta
A Seinfra também deu início este mês às obras de recuperação e revitalização do Estádio Arena da Floresta. O governo quer  garantir mais conforto e tranquilidade ao público.
 
Habilitação
Deputada Jéssica Sales (MDB-AC) foi recebida pelo Ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto e pediu a habilitação de Rio Branco e Sena Madureira no programa específico do Ministério, que contempla recursos para obras de infraestrutura hídrica.
 
R$ 5 milhões
Jéssica Sales encaminhou o pedido de disponibilização do programa para cadastro de proposta na ordem de R$ 5 milhões de reais em cada município para melhorias no sistema de abastecimento de água e drenagem de águas pluviais das cidades.
 
Em Brasília
Deputado Jenilson Leite (PCdoB), médico infectologista, participou na quinta-feira (23) de uma reunião com a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Damares Alves, em Brasília.
 
Atenção especial
O deputado comunista pediu atenção especial e empenho no tratamento das mais meninas acreanas que sofrerem com possíveis reações adversas após terem tomado a vacina contra o HPV.
 
Morosidade
O fluxo de tratamento das jovens pelo Ministério da Saúde tem sido pequeno e moroso. Há anos as meninas e todas suas famílias vem sofrendo um drama sem fim. Existe meninas que apresentam até quinze convulsões por dia.
 
Pesquisadora
Médica e pesquisadora da relação da vacina do HPV com esses casos que acontecem no Acre e em outras em partes do mundo, Maria Emília, também no encontro com a ministra, estava presente.
 
Compromisso
O deputado volta ao Acre com o compromisso de continuar acompanhando de perto o tratamento dessas meninas. E a ministra se comprometeu a ter um empenho maior com relação ao atendimento de saúde e social das pacientes.
 
Há cinco anos
Em 2014, ano em que a vacinação foi incluída na Rede Pública de Saúde estadual, mais de 50 casos surgiram de meninas que tomaram a vacina e apresentam sérios problemas, como convulsão, dentre outros. Cinco anos depois, o drama continua.
 


# Prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (PP) afirma que o proprietário da empresa que está a executar obras de sinalização de ruas na referida cidade não é o seu tio, o ex-candidato a deputado federal Rudilei Estrela.
Ilderlei fez uma análise dos cinco meses de gestão do governador Gladson Cameli (PP) e afirmou que o mesmo precisa ser mais firme em suas decisões. Ele entende que o excesso de democracia e humildade de Gladson, multas vezes, acaba prejudicando o bom andamento das ações governamentais.
O prefeito  externou seu desejo de  presidir a executiva regional do PP. Nas entre linhas, ele deixou transparecer seu descontentamento com o trabalho realizado pelo atual presidente regional do PP, deputado José Bestene.

PANORÂMICAS
 
# Secretário de Agronegócio, Paulo Wadt, passará mais um fim de semana no cargo.
# Sem apoio de seus padrinhos políticos, ele sabe que pode rodar a qualquer momento.
# Representam sindicatos e associações ligados ao Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) emitiram nota de repúdio na noite desta sexta-feira (17).
# Eles externam descontentamento com a presidência da entidade, que segunda eles, estariam perseguindo agentes que participaram de um manifesto, dia 7 deste mês.
#  Chefe do Departamento de Reintegração Social do Iapen, Renê Fontes, diz que desarquivaram um processo administrativo de 2016 contra ele.
# Ele diz, ainda, que o processo foi arquivado por absoluta falta de provas. “Sei que não é o Lucas (presidente do Iapen) que está por trás disso, mas imagino quem seja”, diz o agente.
# A nota, assinada pelos sindicalistas defende Renê Fontes e cita o caso de um agente penitenciários que sofria com problemas psicológicos e acabou cometendo suicídio mês passado.
# Enquanto isso, os presidiários, sobretudo os líderes de facções, continua ditando as normas nos presídios.
# Vejo alguns colega alfinetaram o governo e os deputados em função do que eles chamam de "relação promíscua" entre Executivo e Legislativo.
# Dizem ainda que isso não existia nos governos da Frente Popular. Das duas uma: ou pensam que somos abestados ou piraram de vez.
# Nenhum governo distribui tantos cargos no Acre quanto o do PT. Claro que os petistas eram mais criteriosos.  Exigiam mais apoio, afinidade e fidelidade.
#  Um bom dia ao secretário municipal de Gabinete, Márcio Oliveira, leitor assíduo desta coluna.
 

 

Artigos Publicados

Agora o ano, enfim, começa pra valer!

Governador defende menos burocracia na Suframa