Colunistas

Obra inaugurada dez anos depois ainda gera polêmica

Um dia após o governador Gladson Cameli (PP) inaugurar as obras de verticalização do novo Pronto Socorro de Rio Branco, o ex-governador Binho Marques (PT) usou as redes sociais para, segundo ele, reagir à uma brincadeira do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Estado do Acre (Sindpan-AC), ao disponibilizar, na entrada da ala vertical da  do novo Pronto-Socorro de Rio Branco 10 bolos simbolizando os anos de atraso da obra, alfinetando os governos da Frente Popular que comandaram o Acre nos últimos 20 anos.

Vale lembrar que a obras tive início no governo Binho Marques e deveria ter sido concluída na gestão do governador Tião Viana (PT), mas  a última gestão petista não conseguiu atimgir o objetivo. Os aliados do governador costumar afirmar que ele fez, em apenas sete meses de gestão, o que os governos petistas não conseguiram em 10 anos.

“Entristeço quando vejo um governo brincar com coisa séria, especialmente com a saúde pública. Sai do governo no final de 2010, no mesmo ano que dei início a essa importante obra. Deixei adiantada, com recursos e sem entraves”, disse o ex-governador petista.

Binho aproveitou para questionar  o governador Gladson Cameli, afirmando que este teria inaugurado obra ainda inacabada, “Vejo, pelas fotos, que o atual governador está inaugurando uma obra ainda inacabada. Acho que ele sim merece lindo e simbólico bolo”, afirmou.

“Ele deveria ficar triste em deixar a saúde na situação que eles deixaram, de como eu peguei, com obras inacabadas e fica satisfeito de eu ter concluído uma obra que eles deixaram inacabadas. E primeiro que ele (Binho) não mora nem aqui para tá dando palpite em nada. Eu sou a pior pessoa para ele, para acalmar dor de cotovelo e má administração”, retrucou Cameli.

Abusado

Senador Sérgio Petecão (PD) afirmou, em discurso na festa dos 115 anos de fundação do  bairro Seis de Agosto, na manhã dxesta nterça-feira, que trata-se de um bairro abusado, pois tem um senador, um deputado e dois vereadores.

Filho adotivo

Governador Gladson Cameli (PP) falou, em seguida, e não perdeu tempo: "O bairro Seis de Agosto tem um senador, um deputado, dois vereadores e um governador. Eu me sinto um filho adotivo deste bairro". Cameli foi aplaudido por vários minutos.

Prejudicial

Retirada de anestesistas da Fundação Hospitalar do Acre, por meio de ato administrativo da Secretária de Saúde, Mônica Feres, prejudicou centenas de pacientes que tinham cirurgias marcadas para esta segunda-feira (5).

Rota de colisão

Claro que a ação gerou reação por parte do presidente da Fundhacre, doutor Lúcio Brasil. Lúcio entrou em rota de colisão com a secretária de Saúde.  Lucio ficou sem clima no governo e poderá deixar o cargo.

Desproporcional

Indicado pelo grupo político liderado pelo deputado José Bestene (PP), Lúcio Brasil alega que o repasse feito à Fundhacre é desproporcional ao serviço prestado pela unidade de  saúde.

Pauta principal

Processo de retirada de médicos especialistas e anestesistas da Fundhacre foi o ponto principal do discurso do deputado Fagner Calegário (sem partido) na tribuna da Aleac, nesta quarta-feira, 7.

Prejudicial

Segundo Calegário a decisão da secretária de Saúde, Mônica Feres, prejudicou pacientes que tinham cirurgias marcadas. O deputado classificou a secretária como “personificação da morte”.

Linha dura

Ao chegar à Sesacre, Mônica estabeleceu o que se convencionou de linha dura. Ela também não costuma atender aos deputados, seja da situação ou oposição. Tal fato deixa Calegário irritado.

Duro na queda

Pecuarista Darly Alves, condenado pela morte do ambientalista Chico Mendes, em dezembro 1988, em Xapuri (AC), sofreu mais um acidente grave nesta quarta-feira, dia 7, na BR-317.

Capotou

Darly dirigia um Volkswagen gol vermelha no início da tarde quando perdeu o controle do  veículo e capotou várias vezes na pista. Ninguém ficou ferido. Alves estava acompanhado de um funcionário de sua fazenda, mas ambos passa bem.

Dois em quatro

É o segundo acidente, em menos de quatro ,que o fazendeiro sofre. O primeiro foi em abril, na BR-364, em Comodoro,  interior do Mato Grosso. Darly viajava em ônibus com destino ao interior do Pará, onde visitaria um dos filhos. Quatro pessoas morreram e várias ficaram feridas, mas ele não foi atingido.

#  A inauguração das obras de verticalização do novo Pronto Socorro de Rio Branco, na tarde-noite de terça-feira, seis de agosto, feriado estadual, que marca o inicio da Revolução Acreana, segundo o governador Gladson Cameli, é apenas o início da solução dos graves problemas no sistema estadual de saúde, deixado pelos governos petistas. Gladson lembrou que fez em apenas sete meses de gestão, o que os petistas não conseguiram fazer em 10 anos.

Seis de agosto marca o início da revolução acreana. o governador, é de fazermos outra revolução nos procedimentos político e administrativos do Acre em prol de melhorias significativas no sistema estadual de saúde. Ele garantiu que entrega, até o fim do ano, todas as obras tidas como inacabadas herdadas do governo anterior.  A próxima obra a ser entregue será a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruzeiro do Sul.

PANORÂMICAS

# Vice-presidente da mesa diretora da Aleac, deputado Jenilson Leite trocou o PC do B, pelo PSB da prefeita de Rio Branco, Socorro Neri.

# Médico bem conceituado, Jenilson foi eleito em 2014 e reeleito em 2018, pelo PC do B.

# Talvez se sentindo desprestigiado no partido, decidiu se filiar ao PSB.

# Ao que tudo indica, ele será candidato à Prefeitura de Tarauacá, cidade onde ele mantém base eleitoral.

# Enquanto uns chegam, outros saem. O PSB ganha um novo deputado e outros filiados, mas perderá dois prefeitos para o PP.

# Prefeito de Epitaciolândia, João Flores vai mesmo trocar o PSB, pelo PP, do governador Gladson Cameli.

# Na verdade, tanto João Flores, quanto o prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano, , apenas voltarão ao PP.

# O mesmo fará o prefeito de Porto Acre, Bené Damasceno, que era do PP, mas foi eleito pelo Pros.

# Substituição no Proto Socorro: sai o médico Welber Lima e entra o enfermeiro Areski Peniche.

# Bom dia às minhas irmãs, Maria Muniz, que trocou de idade na segunda-feira e Valdiza Muniz, que ficou mais experiente, nesta quarta-feira.

Artigos Publicados

Em nota, governo tenta tapar sol com peneira

A prefeita e o candidato do governador

Senador é criticado por algo que deveria ser elogiado